APARENCIA GERAL:

Cao muito ativo, compacto, lombo curto acima de tudo bem proporcionado. De aspecto leonino, porte digno e orgulhoso; bem estruturado. A cauda é claramente portada sobre o dorso.
Tranqüilo, bom guardião, sua lingua é azul escura. É único por seu andar saltitante, independente, leal e reservado.

 
 

CABEÇA:

CRÂNIO Largo e plano, bem cheio sob os olhos.
STOP Não pronunciado
TRUFA Grande e Larga, sempre preta (com exceção dos exemplares de cor creme ou quase branco, nos quais a trufa de cor clara é admitida, nos azuis e fulvos, admite-se a trufa da mesma cor do pêlo).

 

 
 

FOCINHO/LABIOS:

FOCINHO: de comprimento moderado e largo dos olhos até sua extremidade (nunca pontudo como o da raposa)
LÁBIOS : os lábios, a língua e o céu da boca são preto-azulados; genvivas de pereferência pretas.

 
 

OLHOS E DENTES:

MAXILARES / DENTES
Dentes fortes e bem alinhados;
Maxilares fortes com uma perfeita mordedura em tesoursa.

OLHOS
Escuros, formato oval, de tamanho médio e limpos. É permitida uma cor correspondente à da pelagem nos azuis e fulvos. Olhos limpos sem entrópio, nunca deverão ser penalizados em razão do tamanho.

 
 

ORELHAS:

ORELHAS: Pequenas, espessas, extremidades levemente arredondadas; eretas, rígidas e bem afastadas, inseridas acima dos olhos, voltadas para frente, ligeiramente convergentes, o que dá ao cão a expressão característica da raça, de ar carrancudo. Esta expressão jamais deverá ser o efeito da testa.

 
 

CORPO:

Pescoço: forte, cheio, sem ser curto, bem inserido nos ombros, ligeiramente arqueado

Cauda: inserida alta e portada  bem deitada sobre o dorso

Dorso: curto, plano e   forte

Lombo:  robusto

 

 
 

MEMBROS:

ANTERIORES Perfeitamente retos, de comprimento moderado, com boa ossatura.
OMBROS Musculosos e oblíquos
POSTERIORES Musculosos
JARRETES Bem descidos, com um mínimo de angulação, que é essencial para produzir andar saltitante característico da raça. Nunca deve ser flexionado para a frente.
METATARSOS A angulação do jarrete para o chão deve aparecer reta.
PATAS Pequenas, redondas, bem aprumadas sobre os dedos.

 

 
 

PELAGEM:

LONGO Muito abundante, denso, reto e eriçado; a textura do pêlo é rude e o subpêlo é suave e lanoso. A pelagem é particularmente densa em torno do pescoço, onde forma uma juba e, na face posterior das coxas, em fartos culotes.
CURTO Abundante, denso e reto; menos eriçado que longo, textura felpuda, não lisa.

Qualquer redução artificial do pêlo, modificando a silhueta natural do chow-chow ou sua expressão, deve ser penalizada.


 

 
 

COR:

Preto, vermelho, azul, fulvo, creme ou branco, frequentemente com nuanças, mas sem manchas ou particolor. sob a cauda e na face posterior das coxas, a cor é, freqüentemente, mais clara

 
 

TAMANHO/MOVIMENTAÇÃO:

Tamanho:  A Altura da Cernelha machos: 48 a 56 cm. e fêmeas: 46 a 51 cm.

Movimentação: Passadas curtas e saltitantes. os membros anteriores e posteriores deslocam-se em planos paralelos.